quinta-feira, 14 de junho de 2012

Vice-Governador recebe visita da ONG MaRSeguro no Palácio Piratini



Uma comitiva integrada por participantes da ONG Mar Seguro, Federação Gaúcha de Surfistas, deputados estaduais, Brigada Militar e mães e amigos de surfistas mortos no mar foram recebidos pelo vice-governador Beto Grill, na tarde desta quarta-feira (6), no Palácio Piratini. O grupo foi solicitar a intermediação do Governo do Estado para a criação de áreas com demarcações e sinalizações específicas para a pesca, surfe e banho. De 1983 até esta quarta-feira (06) foram registrados 49 óbitos de surfistas nesta situação.
A presidente da ONG Mar Seguro, Neuza Rufatto, mãe do surfista Thiago Rufatto, 18 anos, que morreu enrolado em redes de pesca em novembro do ano passado, destacou a importância do poder público esclarecer a população para o tipo de mar que eles vão enfrentar. "Nosso mar é um dos mais perigosos do mundo. Nossa corrente marítima é muito violenta e muitas vezes leva o surfista a longas distâncias rapidamente". Segundo a presidente, este tipo de pesca já não é utilizada em muitos Estados. "Por isso pedimos a substituição das redes de pesca, atualmente utilizadas, por métodos mais seguros à população e rentáveis aos próprios pescadores, sem oferecer risco de vida".

A Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR) já possui um grupo que estuda o assunto a partir da sanção da Lei nº. 13.660, de janeiro de 2011, feita pelo governador Tarso Genro. O decreto que regulamenta a referida lei, que dispõe sobre a demarcação de áreas para esportes náuticos e para pesca, está em fase final de elaboração.

O  presidente da Federação Gaúcha de Surfistas, Orlando Carvalho, levantou a necessidade de que seja feito um novo recadastramento entre os pescadores. De acordo com ele, o último censo foi realizado em 2005. Carvalho também considerou fundamental a ampliação de áreas para os surfistas e a criação de órgãos governamentais estruturados para cuidar da questão. "Considero esse encontro com o vice-governador bastante importante e, temos certeza, é mais um passo para a agilização na regulamentação do tema".

O vice-governador ouviu vários depoimentos de mães que perderam seus filhos. "Compreendemos a dor de quem tem esta perda pois é muito importante qualquer aspecto que leve em consideração a vida humana é muito importante". Grill afirmou o compromisso de agilizar as tratativas que já estão sendo realizadas por determinação do governador Tarso Genro. "Vou me somar a este esforço na certeza de que podemos ter um convívio adequado e harmônico entre todos aqueles que, de uma forma ou de outra, tiram do mar seu sustento e seus momentos de lazer", declarou o vice-governador.

Texto: Clelia Admar
Foto Cláudio Fachel
Edição: Redação Secom (51)321-4305
 

Um comentário: